RSS Feed
    Pesquisa avançada 
Keitaro entrevista GoBr
Entrevista feita pelo Keitaro em 12/01/2005:


Keitaro: Primeiramente, fale um pouco de você. (idade, profissão, lugar onde mora, etc.)

GoBr: Idade: 15 anos. "Sou novinho", estudante, vou começar o 3º ano este ano e moro em Góias.

Keitaro: Conte um pouco da sua vida com relação a vídeo-games e jogos.

GoBr: Meu 1º vídeo-game foi um NES. Tenho ele até hoje. Tenho cartuchos como Rush'n Attack e alguns que usam o Power Pad (que também tenho). Depois comecei a ir em Taitos e tal.

Keitaro: Qual é o seu emulador / jogo preferido? Por quê?

GoBr: Todos. Não há nenhum que não goste...

Keitaro: Como você conheceu os emuladores?

GoBr: Pelas ROMs traduzidas. Foi basicamente na mesma época.

Keitaro: A que grupo você pertenceu / fundou? Conte um pouco da história dele.

GoBr: Não pertenço a nenhum por falta de tempo e bom inglês.

Keitaro: Que jogo(s) você traduziu? Conte um pouco da história da(s) sua(s) tradução(ões).

GoBr: Por enquanto, apenas o Spider-Man 2 de PC. Traduzi porque gostei do game e não tinha nada pra fazer.

Keitaro: Que jogos você ajudou a traduzir?

GoBr: Acho que nenhum.

Keitaro: O que o afastou da emulação / romhacking?

GoBr: A maioria das vezes o tempo e a falta de poder mexer no PC.

Keitaro: Como anda a sua vida atualmente?

GoBr: Tranqüila. Vou começar o 3º ano, e vamos ver no que dá.

Keitaro: O que você espera para a emuscene / romhacking nesse e nos próximos anos?

GoBr: Ultimamente tem saído muita coisa e ela só vai melhorar. Logo, logo os mestres da engenharia reversa lançam o emulador de PlayStation 2.

Keitaro: Anda acompanhado o emuscene / romhacking atualmente? Se sim, o que acha? E sobre os grupos brasileiros de tradução de hoje?

GoBr: Um pouco. Mas a maioria das coisas não dá pra testar, então não sou muito ligado nisso.

Sobre os grupos, cara, os brasileiros estão "fodões". Final Fantasy 7 logo sai e Final Fantasy 8 já tá indo bem...

Keitaro: Você tem algum futuro projeto relacionado à emulação / romhacking em mente?

GoBr: Por enquanto, é aprender programação e depois criar um emulador.

Keitaro: Tem algo que eu não perguntei e que você gostaria de falar / contar?

GoBr: Não.

Keitaro: Alguma palavra final? Algo a dizer a quem está lendo?

GoBr: Bola pra frente e continuem animados, pois é assim que a scene anda.

Keitaro: Por último, que tal contar alguma história engraçada envolvendo seu trabalho romhacker? (qualquer uma)

GoBr: Foi quando o pessoal da Megagamez disse que eu havia copiado a tradução deles sem eles nem mesmo terem visto a minha. "Isso é foda"...
  Veja em artigo em formato PDF Imprimir artigo Enviar artigo

Navegação
Artigo prévio Keitaro entrevista Gambas Keitaro entrevista Hyllian Próximo artigo
Sites recomendados
Utilitários recentes
eXTReMe Tracker
Acessos:

Click here