RSS Feed
    Pesquisa avançada 
Mateus Villela entrevista Fx3
Entrevista feita por Matheus Villela com Fx3 (autor do emulador RockNES) para o emulacao.net em 10/08/2004:


Matheus Villela: Apresente-se, Fx3.

Fx3: I am a brazilian guy that got some enthusiasm inside the "river-of-whatever" called internet :) as Fx3.

Fx3: Eu sou um cara brasileiro que ganhou entusiasmo dentro da internet como Fx3.

Mateus Villela: Como e com qual emulador você se iniciou na emulação?

Fx3: I started my emulator by taking the xNES sources and a C language compiler in 1998. Later, it was renamed to RockNES, and then rewritten from scratch. The major step was the write of my own custom CPU core.

Fx3: Eu comecei pegando os códigos-fonte do xNES e um compilador de linguagem C em 1998. Mais tarde ele foi renomeado para RockNES, e então reescrito desde o começo. O maior passo foi escrever o núcleo customizado da CPU.

Mateus Villela: Ao lado do Ricardo Bittencourt você foi um dos poucos brasileiros que tiveram um reconhecimento no exterior fazendo emulador. Diga como foi isso pra você, e se isso o ajudou a continuar tendo motivação a fazer o emulador.

Fx3: I'm not between the "top-10 of all times", but anyway yes :) I wasn't mature like I am nowadays - hence, an easy target for flames. However, I was the pioneer to bring accurate "japanese" mappers emulation, and even for some NES hardware features that weren't emulated - up to date with NESdev, a group that has interest in NES hardware/software. An emulation news website posting that "RockNES has been released!" is/was a nice reason to continue my work, even if the feedback (mainly by e-mail) was rare.

Fx3: Eu não estou entre os top-10 de todos os tempos, mas, de qualquer forma, sim. :) Eu não era experiente como sou hoje - portanto um alvo fácil para flames. Entretanto, eu fui o pioneiro por trazer emulação exata de mappers japoneses, e também por algumas características de hardware do NES que não eram emuladas - atualizado com NESdev, um grupo com interesse em hardware e software do NES. Um site de notícias de emulação anunciando que o "RockNES foi lançado!" é/foi uma boa razão para continuar meu trabalho, mesmo que a retribuição (principalmente a por e-mail) fosse rara.

Mateus Villela: Na hora de escolher por um emulador de NES o que pesou mais: ser um jogador ou de alguma forma você estava envolvido com desenvolvimento de homebrew pra NES?

Fx3: The two sides. The player and the developer of an emulator. Every new thing added was reason for a party. No software development, but I plan it for a short future (perhaps).

Fx3: Os dois lados. O jogador e o criador de um emulador. Toda coisa nova adicionada era razão para festa. Nada de desenvolvimento de software, mas eu planejo para um futuro próximo (talvez).

Mateus Villela: Quais jogos de NES você mais gosta?

Fx3: Rockman, DuckTales, Rambo, Predator, Ghostbusters II, Total Recall e Super Pitfall.

Mateus Villela: O RockNES foi seu primeiro trabalho com emulador ou você tentou algo mais simples como chip8 antes?

Fx3: RockNES is the emulation work only, no other videogame/chip/whatever is being emulated. I had made Clipper programming, working with database software ages ago ;)

Fx3: RockNES é meu único trabalho com emulação, nenhum outro vídeo-game, chip ou seja lá o que for está sendo emulado. Eu trabalhei com programação em Clipper, com software de banco de dados há anos atrás. ;)

Mateus Villela: Você já fez alguns editores para ROMHacking? Qual é a sua relação com ROMHacking?

Fx3: A way to understand the game storage, plus the own 6502 program. I did a few level editors, and giving focus on visine (MegaMan1&2 editor) that's a mega hit in Japan :) I lost interest for ROMHacking since 2002... yes, I did some tweaks, but only tweaks ;)

Fx3: Um modo de entender o armazenamento do jogo, mais o próprio programa em 6502 (assembly). Eu fiz uma série de editores de level, com bastante foco no visine (editor do MegaMan 1 e 2) que é um sucesso no Japão. :) Perdi o interesse em ROMHacking desde 2002... sim, fiz algumas melhorias, mas apenas melhorias. ;)

Mateus Villela: Continuar desenvolvendo o RockNES para um sistema operacional obsoleto como é o MS-DOS foi uma opção somente por performace?

Fx3: Not really. Just because I have the tools, I learnt how to compile it and such. To get it ported to Windows (as example) is to learn from scratch - go find everything needed to do this :( It would help me so much, but who cares... DOS programs still rock'n roll the scene if you know how to get it working on your machine (read: VDMSound).

Fx3: Na verdade não. Apenas porque eu tenho as ferramentas, aprendi como compilar e tal. Pra ter ele portado para o Windows (por exemplo) teria que aprender desde o começo - ir atrás de tudo que é necessário para isso: (iria me ajudar bastante, mas quem se importa?... programas DOS ainda detonam na "scene" se você souber como tê-los funcionando em sua máquina (VDMSound)).

Mateus Villela: Por que a versão Windows do RockNES foi abandonada?

Fx3: Because Alexandre has finished his graduation in computer enginnering and got a work on Microsoft USA (uh huh, you read correctly), earning a lot of money and "surfing in the snow" :P

Fx3: Porque Alexandre terminou sua graduação em Engenharia da Computação e conseguiu um trabalho na Microsoft dos EUA (uh huh, você leu corretamente), ganhando um monte de grana e "surfando na neve" :P

Mateus Villela: O RockNES usa Allegro ou alguma outra library? O que achas de SDL?

Fx3: It uses the Allegro library for sound output, input devices and video buffer blitting, plus ZLib for ZIPped files. About SDL, it seems buggy for the software I tested.

Fx3: Usa a biblioteca Allegro para saída de som, dispositivos de entrada e mostra do desenho do vídeo armazenado, mais a biblioteca ZLib para arquivos compactados (ZIPados). Sobre a SDL, parece com problemas nos softwares que testei.

Mateus Villela: Você tem acompanhado outros emuladores de NES e de outros sistemas?

Fx3: Yes, but the elite ones ;) I don't care about MAME, and no more for any arcade emulator. I was playing with Final Burn, but I gave up around 2 years.

Fx3: Sim, mas apenas os da Elite. ;) Não me importo com o MAME, e não mais com nenhum outro emulador de arcade. Eu estava brincando com o Final Burn, mas desisti a cerca de 2 anos.

Mateus Villela: Alguns emuladores de next-gen são claramente feitos usando-se de documentação ilegal, como você vê isso?

Fx3: There's no illegal docs, only home-made docs from hardware analysys. What's illegal is the development tools, much like the XBOX tools.

Fx3: Não tem documentação ilegal, apenas documentação caseira feita por análise de hardware. O que é ilegal são ferramentas de desenvolvimento, como as ferramentas de desenvolvimento do XBox.

Mateus Villela: O que você acha de licenças Open Source?

Fx3: I don't like. It's like getting a patent to your programming code. Good as examples, but only in an extreme need - you must read the docs a couple of times, to do try'n error a lot of times, until you get your own stuff working.

Fx3: Eu não gosto. É como estar pegando uma patente de seu código. Bom como exemplos, mas apenas em extrema necessidade - você deve ler os documentos várias vezes, fazer tentativa-e-erro várias vezes, até poder ter seu lance funcionando.

Mateus Villela: Diga algo pra quem estiver vendo a estrevista.

Fx3: Hello world! I'm human, hence I walk, I cry and I'm hungry :)

Fx3: Olá, mundo! Eu sou humano, então eu ando, eu choro e estou com fome. :)
  Veja em artigo em formato PDF Imprimir artigo Enviar artigo

Navegação
Artigo prévio Magus entrevista Lynx Mega Mario 986 entrevista Ryei Próximo artigo
Sites recomendados
Utilitários recentes
eXTReMe Tracker
Acessos:

Click here